Casa > cibernético Notícias > AT&T hackeado - funcionários subornados para infectar rede
CYBER NEWS

AT&T hackeado - funcionários subornados para infectar rede

A empresa AT&T foi hackeado, resultando em mais de 2 milhões de dispositivos suscetíveis de serem desbloqueados sob demanda.

Um homem do Paquistão foi acusado de corromper AT&T funcionários com muito dinheiro para que possam instalar malware e adicionar roteadores de terceiros manipulados à rede da gigante das telecomunicações.

Não tem sido uma boa semana para a AT&T como a empresa experimentou um grande hack. Conforme relatado pelo Departamento de Justiça, funcionários da AT&Recebi muito dinheiro, o que equivale a cerca de $1 milhões para que possam infectar a empresa com malware. O resultado disso foi que acabou 2 milhões de smartphones poderiam ser desbloqueados a partir dos dados que poderiam ser farejados pela empresa.

Cidadãos paquistaneses alegadamente culpados pelo hack

O Departamento de Justiça abriu um processo contra dois cidadãos paquistaneses, um deles, acredita-se ser Muhammad Fahd, 34 homem de um ano do Paquistão e outro sendo Ghulam Jiwani, quem está faltando neste ponto como Relatórios ZDnet.

Pelo visto, o hack está em andamento desde a primavera de 2012 e tem continuado até 2017 outono. Os dois homens começaram a subornar funcionários de tecnologia para desbloquear telefones muito caros que permitem que eles sejam exportados e vendidos para outras pessoas que não usam o AT&Rede T. Como você sabe, algumas operadoras, incluindo AT&T deliberadamente bloqueia seus smartphones para que eles não possam ser usados ​​com outras operadoras ou fora dos EUA. Isso torna os telefones muito acessíveis se comprados exclusivamente da própria operadora. Esse foi o principal alvo de Fahd e Jiwani que pagou AT&T funcionários ligando para eles ou enviando uma mensagem privada para eles no Facebook. Aqueles que concordaram receberam listas de códigos IMEI de dispositivos que devem ser desbloqueados por milhares de dólares. Um funcionário supostamente acumulou até acima $400,000 em subornos. Os subornos foram enviados por meio de contas bancárias de empresas fantasmas criadas ou por meio de dinheiro doado por dois cidadãos paquistaneses.

O hack aumentou quando Fahd subornou diretamente funcionários para hackear o AT&Rede T instalando malware em um de seus call centers. Este malware era basicamente um infostealer, cujo objetivo principal era coletar dados da rede da AT&T. O malware também tinha um Keylogger que também visava roubar dados confidenciais sobre AT&Hardware e software T.

Isso permitiu a Fahd e a empresa atacar e desbloquear remotamente telefones usando o AT hackeado&Rede T, sem qualquer suborno adicional sendo necessário.

Como a história terminou

Fahd foi preso em 2018 e extraditado nos EUA. em agosto 2, 2019 e, aparentemente, o dano que ele fez foi sobre $5 milhões por ano que é a receita AT&Perdi por causa de telefones desbloqueados.

Ventsislav Krastev

Ventsislav Krastev

Ventsislav é especialista em segurança cibernética na SensorsTechForum desde 2015. Ele tem pesquisado, cobertura, ajudando vítimas com as mais recentes infecções por malware, além de testar e revisar software e os mais recentes desenvolvimentos tecnológicos. Formado marketing bem, Ventsislav também é apaixonado por aprender novas mudanças e inovações em segurança cibernética que se tornam revolucionárias. Depois de estudar o gerenciamento da cadeia de valor, Administração de rede e administração de computadores de aplicativos do sistema, ele encontrou sua verdadeira vocação no setor de segurança cibernética e acredita firmemente na educação de todos os usuários quanto à segurança e proteção on-line.

mais Posts - Local na rede Internet

Me siga:
Twitter

Deixe um comentário

seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Compartilhar no Facebook Compartilhar
Carregando...
Compartilhar no Twitter chilrear
Carregando...
Compartilhar no Google Plus Compartilhar
Carregando...
Partilhar no Linkedin Compartilhar
Carregando...
Compartilhar no Digg Compartilhar
Compartilhar no Reddit Compartilhar
Carregando...
Partilhar no StumbleUpon Compartilhar
Carregando...